Carpe Diem
“Talvez eu seja uma caixa de palavras, mal organizadas, mas que se juntar, vira um texto, que quem vê até diz que é planejado.”
CREDITS©
Em coro, admito: você é mais bonita que um solo do Jimmy Page, que um verso do Cartola, que a voz da Nina Simone, que um álbum dos Beatles, que os olhos do Chico. Quando a gente se encaixa, o refrão fica tão mais bonito. É a mesma sensação de passear na beira de um lago em algum jardim no mês de maio. Em Paris, talvez. Eu, sol bemol; você, fá sustenido; e a gente se toca no mesmo arranjo. Cá entre nós: até um lá menor fica maior aqui, quando estamos juntos no mesmo acorde.
Eu me chamo Antônio. (via acrescentada)

Mas no fundo eu já sabia, que de alguma forma, você não iria ficar. O nosso para sempre não duraria tanto tempo assim. E eu já era saudade antes mesmo de tentarmos ser alguma coisa.
Restos de um naufrágio.   (via acrescentada)

O amor não é para os fracos. Amor é o que fica depois do desespero. Amor é o que fica depois da vingança. Amor é o que fica depois da solidão. Amor é o que fica depois das brigas. Amor é o que fica depois da bebedeira. Amor é o que fica depois da fofoca. Amor é o que fica depois das dúvidas. Amor é o que fica depois do orgulho. Amor é o que fica depois dos gritos. Amor é o que fica depois da raiva. Amor é o que fica depois dos erros. Amor é o que fica depois da cobrança. Amor é o que fica depois do cansaço. Amor é o que fica depois de ir embora. Se o amor ficou depois de tudo, não finja que ele é nada.
Fabrício Carpinejar. (via expurgar)

O problema de se sonhar muito alto é que a qualquer hora tu pode cair e nem vai conseguir se segurar,para tentar evitar a queda.
Dara Demian

Há 4 dias + 0 notas + reblog